Simulador submarino nuclear

Necessidade

A Energia Automação desenvolveu e implantou o sistema de supervisão para as IHM’s do simulador de submarino da CTMSP (Centro tecnológico da marinha), em Iperó-SP.

Uma aplicação do software Elipse E3 realiza a comunicação com um PLC da SIEMENS através do protocolo ISOTCP (Profinet). Como o sistema simula o submarino, um modelo matemático externo ao Elipse e ao PLC implementou o comportamento das variáveis do processo e emulou as respostas do submarino real. Sendo assim, o PLC, por sua vez, se comunica com o simulador do submarino através do protocolo Modbus, permitindo que os operadores do sistema tenham uma interface de supervisão com o simulador.

A aplicação realiza a leitura de variáveis analógicas simuladas e variáveis digitais, além de possibilitar a interação com alguns processos através de comandos em telas.

Foram fornecidos os seguintes serviços:

  • Configuração do driver Elipse MProt para comunicação com PLC Siemens;
  • Desenvolvimento de biblioteca de componentes;
  • Configuração da base de dados;
  • Configuração das telas (alarmes, analógicas, digitais, e etc.);
  • Testes de aceitação em Fábrica (TAF);
  • Testes de aceitação em Campo (TAC).

Informações Adicionais

Ano: 2013

Cliente: CTMSP - Centro tecnológico da marinha

Software: Elipse E3

Serviço: Desenvolvimento de telas, base de dados e comissionamento